sábado, 31 de dezembro de 2011

*2012*Feliz Ano Novo!!!*




Feliz Ano Novo!
2012!



Aos amigos do blogspot

desejo um Feliz Ano Novo

repleto de grandes realizações,

com muita saúde, sorte, paz,

dinheiro, prosperidade, união, força e fé.

Que este ano que se inicia seja feito de amor para todos,

que Deus abençoe e concretize todos os sonhos.

Adoro vocês!

Feliz 2012!

Beijos

Tânia Ailene



sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

*Oração de Natal! - Tânia Ailene*




Oração de Natal!
          Tânia Ailene







Nesta data que muitos trocam presentes

Abraçam-se perdoando os desafetos

Com mesa farta, carinho transbordando

Eu peço ao senhor que o nascimento de Jesus

Seja lembrado, em cada coração

Peço pai para que a fome não faça parte de nenhuma família

Que cada criança tenha a ilusão do papai Noel

Que todos os filhos tenham respeito pelos seus pais

Que a saúde seja para todos

Que a educação seja um direito

Que a paz exista em todos os lares.

Pai que o senhor ouça as minhas preces

Tranqüilize meu coração

Abençoe meus filhos livrando de todos os males

Traga saúde para todos da minha família e amigos.

Pai por tantas vezes eu implorei sua ajuda

Sei que o senhor por vários momentos

Enxugou minhas lagrimas

Foi meu companheiro, carregou-me no colo

Em horas de aflição

Trouxe a crença quando eu já estava desacreditando

Agora eu peço com humildade

Traga resignação ao meu coração

Força para que eu ainda possa

Ajudar a quem precisa

Sonhar que a vida ainda vale ser vivida.

Meu Deus o senhor nos deu seu filho para nossa salvação.

Pois hoje com sua bênção

Entrego minha vida em suas mãos.

Que para sempre seja louvado seu nome “Jesus”.

Amém!





Desejando a todos um Feliz Natal!




22/12/2012
Tânia Ailene
Rio de Janeiro





domingo, 18 de dezembro de 2011

*Cúmplice dos meus Momentos...Tânia Ailene*





Cúmplice dos meus Momentos...

                         Tânia Ailene





Nesse meu tempo

Vejo ilusões desvanecendo

Escorrendo pelos olhos

Lagrimas de saudade

Algo que ainda como presságio

Desfez-se em meus passos...



Não compartilhar esperança no amanhã

Um sorriso sem hora

Cada quina algo do inesperado

Como a carência do tudo imaginário

Posso dizer: Eu escolhi!



Estar aberta ao novo ainda que não ancorado

Mas, vai se instalar em minha vida

Com prudência dos deuses

Experiência dos poetas

Inquietude dos amantes

Com certeza há de chegar!







18/12/2011
Tânia Ailene
Rio de Janeiro




quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

*Prece ao Amor...Tânia Ailene*





Prece ao Amor...

                         Tânia Ailene







Você, minha fonte de amor íntegro,

Mar de emoção,

Temos tanto que explode coração...

Paixão nos pegou, enroscou, abrigou

Invadiu vida, adágios, existirmos um ao outro...

Realizamos prece ao nosso encontro...

Que os deuses abençoe nosso amor,

Nessa louca aventura

Ao encontro inesperado

Cremos na imensidão do sentimento

Que seja na cumplicidade

Do dia encantado

No onze da união

Graça que alcançamos

Esperados com prazer

Par no almejado, nossos anjos protetores

Bendito seja

Aqui hoje, sempre...

Com alegria esperamos

Com paixão nos queremos

Com amor somos Um... Amém!


 

Tânia Ailene

Rio de Janeiro





terça-feira, 13 de dezembro de 2011

*Asas da Liberdade - Tânia Ailene*





Asas da Liberdade
                             Tânia Ailene







As vezes, pego-me a olhar os pássaros,
brincando na ingenuidade de aves soltas,
que voam para onde bem querem.
Indo em uma flor,
ou jogando sementes pelo jardim.
Tomando banho no lago,
sem nem ao menos pedir licença.
Uma irreverência que encanta,
todos os cantos,
cores mil,
beleza simples e singela.
Eles tem o curso da vida em suas asas.
Ficam em bando às vezes por proteção,
outras por simples brincadeira.
Voam de flor em flor,
como se o néctar delas tirado,
fosse o alimento do amor.
Asas coloridas,
canto de bem querer.
Liberdade conquistada,
sempre ao amanhecer...




19/05/2005
Tânia Ailene
Rio de Janeiro


sábado, 3 de dezembro de 2011

*Além do querer... Agora é o tempo! - Tânia Ailene*





Além do querer... Agora é o tempo!
                                 Tânia Ailene



No tempo que ainda restava
Vários sinais foram dados
Muitos pedidos feitos
Você ignorou meus anseios
Trouxe a mágoa no lugar do sentimento
Era tão pouco o esperado
Um gesto de carinho
Um olhar de ternura
Uma palavra de afago
Um conforto aos meus medos
Calou-se diante da vida
Jogou fora o que poderia ter sido
Fuga do compromisso
Tristeza ainda guardada
Não soube fazer do novo
A esperança de dias floridos
Ver a oportunidade em refazer
Laços para eternidade
Diante dos meus olhos estava
Sem sonhos, sem vontade, sem respostas
Bastava olhar na mesma direção
Um querer sem barreiras
Fazer valer e acontecer...
Você me mostrou que não basta confiar
É preciso lutar...
Quando digo eu quero e você nunca quis
Assim acaba uma história do que poderia ter sido
Se!
Houvesse muito mais além do querer...
Agora é o tempo!





3/12/2011
Tânia Ailene
Rio de Janeiro